inventário de Estoque

Inventário de Estoque

O que é inventário de estoque e por que você deve começar a fazer já!

No mercado competitivo que vivemos, ter a sua empresa com controle de estoque correto, pode ser a chave para o sucesso e se traduzir em lucro. Muitas vezes, uma compra equivocada, pode trazer prejuízos incalculáveis para a operação. Neste viés, fazer inventários de estoque de forma periódica garantirá a saúde financeira do seu negócio.

Um estudo realizado pelo Instituto Nielsen, concluiu que, em média, 50% dos consumidores decidem trocar de loja ou de marca quando não encontram o produto desejado em sua loja. O resultado dessa decisão é a perda direta de vendas. Sendo assim, fica clara a importância do inventário de estoque, não é mesmo?

Geralmente quando se pensa em inventários, imaginamos sempre o pior, ou seja, mobilização de pessoal, equipamentos, loja fechada, problemas que poderão invalidar o inventário e desperdiçar todo o esforço da equipe interna, além do tempo e dinheiro investido nessa operação, não é mesmo?

Entretanto, não precisa ser assim, existem algumas formas de se fazer inventário de estoque, de forma profissional, que podem minimizar riscos e esforços da equipe, além de maximizar os resultados.

Modelos de execução de inventário de estoque.

Hoje em dia, os inventários são realizados basicamente através de dois modelos de execução:

  • Terceirização total da tarefa de inventário de estoque – Equipe, equipamentos e sistemas terceirizados.
    • Vantagem – Não desgasta a equipe interna e não necessita de equipamentos próprios.
    • Desvantagem – Equipe externa não conhece as mercadorias, como manipulá-las, os locais mais escondidos onde estão armazenadas, custo da contratação, menor compromisso com o resultado da contagem.
  • Execução da tarefa de inventário de estoque com solução interna
    • Vantagem – Equipe interna conhece as mercadorias e sua manipulação, conhece todos os “cantos” onde estão armazenadas, menor custo de mão de obra, maior compromisso com o resultado da contagem.
    • Desvantagem – Necessidade de aquisição de equipamentos e sistemas ou contagem manual,  utilização de pouca tecnologia de contagem,  falta de metodologia, desgaste da equipe interna.

Após observar as vantagens e desvantagens desses dois modelos, percebemos um terceiro modelo que potencializa as vantagens e minimiza as desvantagens apresentadas nos dois modelos.

Neste terceiro modelo temos algo híbrido que reúne a vantagem de se realizar inventários com uma equipe interna, com a vantagem de utilizar equipamentos e metodologias de uma empresa especializada neste trabalho.

Utilizando coletores de dados, com sistemas que minimizam possíveis falhas, ou má fé durante um inventário, conseguimos aumentar a assertividade em todo o processo. Desta forma, o trabalho pode ser executado por uma equipe interna com muita tranquilidade e confiabilidade.

A equipe interna passa a ser corresponsável pelas atividades ligadas ao inventário e com isso se sente valorizada pois é agente influenciador deste importante processo.

Neste terceiro modelo a SCE oferece uma solução composta de:

  • Coletores de dados profissionais.
  • Sistemas inteligentes de coleta de códigos de barras (instalados nos coletores).
  • Consultoria na fase de planejamento (***) dos inventários.
  • Carga dos coletores com a lista dos códigos de barras de mercadorias ativas no estoque.
  • Treinamento no manuseio dos equipamentos.
  • Treinamento para auditoria de inventários.
  • Suporte técnico durante os inventários
  • Participação nas reuniões de avaliação dos resultados
(***) O sucesso do inventário de estoque depende do seu planejamento. Tarefas como, dimensionamento de equipamentos e equipes, roteirização do inventário, priorização de áreas e produtos, testes estatísticos são fundamentais para evitar problemas durante o inventário. Sendo assim, nesta solução, separamos um par de horas para apoiar os clientes para esta tarefa.

Tipos de Inventários de Estoque

Um inventário de estoque nada mais é que uma fotografia momentânea do estoque. Desta forma podemos optar por fazer inventários Parciais ou Totais. Qualquer um deles, terá aplicabilidade, dependendo do momento e do propósito da operação

Inventario de Estoque Parcial.

Inventário que é feito sobre uma parte do seu estoque de maneira a minimizar o esforço necessário à realização de um inventário Total. Muito utilizado, quando se quer priorizar algumas mercadorias segundo algum critério. A escolha destas mercadorias pode ser realizada utilizando uma Classificação ABC  dos produtos que as ordenará os mesmos por importância, segundo a quantidade vendida e seu respectivo valor e representatividade ao longo de um período.

Inventário de Estoque Total.

É um inventário completo de todas as mercadorias da loja. Obrigatoriamente feito a portas fechadas, tem como finalidade a implantação de um estoque inicial, ou a apuração de eventuais divergências em relação aos números apresentados no sistema de estoque. Apesar do esforço necessário para a sua execução, deve ser feito de forma cíclica, conjugado com inventários parciais entre esses ciclos, visando assim a diminuição de divergências.

Diferentemente de tempos passados, quando era utilizado somente para fins contábeis, hoje a realização de inventários periódicos, ajuda a sua empresa a melhorar o resultado do negócio, facilitando as novas compras oferecendo uma melhor assertividade no mix das mercadorias a serem repostas no estoque.

Percebe a importância ter um inventário de estoque organizado? Sua empresa só tem a ganhar, pois o conhecimento daquilo que está estocado ajuda a administrar melhor os recursos, garante um bom atendimento, aumenta a produtividade e contribui para o desenvolvimento da empresa.

Quer saber mais ? leia também sobre cobertura de estoque e giro de estoque .

Deixe seu contato preenchendo o formulário ao lado.

Teremos o maior prazer em conversar com você.