Giro de Estoque

Giro de Estoque

Seu estoque está bem dimensionado ou suas mercadorias estão acumulando poeira?

Ter um estoque bem dimensionado e sem rupturas ajudará na gerenciamento de seu negócio. A busca para alcançar este cenário, passa por responder:

  1. Quais mercadorias estão acumulando poeira nas prateleiras e quais faltaram em algum momento ?
  2. Qual o tempo médio de permanência de um produto antes da venda?
  3. Como avaliar se seu fluxo do estoque (o que entra e sai do seu estoque) esta positivo ou negativo?
  4. Qual a relação entre o seu estoque e o que você vende em um determinado período?

Um indicador que responde a estas perguntas é o “Giro do Estoque”. Este indicador mede a quantidade de vezes que uma determinada mercadoria ou grupo de mercadorias é renovado em sua loja em um determinado período.

Antes de mostrar como calcular este indicador (Giro), preciso mostrar outro indicador que vai ser utilizado em seu no cálculo, o da Média de Estoque. Vamos lá?

Definindo a Média de Estoque:

A média de estoque ou estoque médio pode ser definida utilizando-se somente a quantidade da mercadoria (quando a análise for realizada para uma única mercadoria) ou de forma ponderada (adicionando valores das mercadorias) quando a análise é realizada com um conjunto de diferentes mercadorias.

Definindo Quantidade Média do Estoque:

A quantidade média do estoque de uma mercadoria pode ser calculada da seguinte forma:

Quantidade média do estoque = (Qi+Sf) / 2

  • Qi = Quantidade da mercadoria no início de um período.
  • Sf = Saldo final de estoque da mercadoria no final do período.

Exemplo: Se no início de um período você tem 10 mercadorias “X” e ao final deste período um saldo de 20, o estoque médio desta mercadoria é de  (10+20)/2 = 15 unidades no período.

Definindo o Valor Médio (Ponderado) do Estoque

A média ponderada do estoque de um grupo de mercadorias pode ser calculada da seguinte forma:

Média ponderada do estoque = (Qi*Ci + Sf*Cf) / 2

Onde:

  • Qi = Quantidade da mercadoria no início de um período.
  • Sf = Saldo final de estoque da mercadoria no final do período.
  • Ci = Custo da mercadoria nodo estoque de um grupo de mercadorias no inicio de um período.
  • Cf = Valor do estoque do grupo de mercadoria no final do período.

Para facilitar o entendimento, vamos exemplificar com um conjunto de  3 mercadorias:

MercadoriaQiCiSfCf
Mercadoria A100R$ 25,0085R$ 26,00
Mercadoria B90R$ 50,0020R$ 51,00
Mercadoria  C150R$ 27,00100R$ 26,00

Média ponderada da Mercadoria A = (100*R$25+85*R$26) / 2 = R$3.605

Média ponderada da Mercadoria B = (90*R$50+20*R$51) / 2 = R$ 2.760

Média ponderada da Mercadoria C = (150*R$27+100*R$26) / 2= R$ 3.325

Somando as médias ponderadas de A, B e C teremos como resultado o valor de R$ 8.440. Este resultado representa o valor médio do estoque do conjunto de mercadorias (A,B,C) no período.

Definindo o Giro de Estoque

O Giro de um estoque pode ser definido pelo custo das mercadorias vendidas em um período dividido pela média ponderada do estoque destas mercadorias no mesmo período.

Giro = (Custo das mercadorias vendidas no período / Custo médio das mercadorias)

  • Se o Giro das mercadorias for maior que 1, isto indica que as mercadorias foram renovadas pelo menos uma vez no período avaliado.
  • Se o Giro das mercadorias for menor do que 1, isto indica que ao final do período, sobraram produtos (não vendidos) no estoque.

Ficou curioso para ver o que este indicador vai mostrar no seu estoque? Utilize a planilha que preparamos como exemplo.

download-button

Caso você já seja usuário do nosso sistema de automação comercial o AutoMagazine, verifique no relatório “Indicador de Desempenho de Compra e Venda” a presença deste indicador (Giro). Caso queira aprofundar-se mais no assunto veja também nossos artigos sobre Cobertura de Estoque e sobre Curva ABC

Vantagens de um Giro Alto de Estoque.

Acelerar a rotatividade do estoque (Giro) é primordial para os bons resultados de uma empresa. A seguir, algumas vantagens mais explicitas de um Alto Giro:

  • Produto não perece: muitas companhias lidam com vendas de produtos sazonais, como moda, por exemplo, ou mesmo perecíveis (aqueles que possuem um prazo de validade), portanto, quanto menos desses produtos sobrarem nas prateleiras da companhia, melhor para os resultados financeiros da mesma.
  • Diminuição das áreas de armazenagens: o custo de armazenar mercadorias não é barato e pode afetar no custo da mercadoria vendida. Sendo assim, o espaço utilizado pela companhia para armazenagem sempre terá um preço, e quanto maior o estoque, maiores serão os gastos.
  • Menor risco de perdas de estoque: sinistros como incêndios ou furtos em grandes proporções causam maiores prejuízos para a empresa.

Por outro lado, deve se tomar cuidado, pois, estoques reduzidos podem causar perdas no ciclo de vendas por ruptura do estoque do produto. Desse modo, o controle do giro de estoque é muito importante para que não haja inconvenientes no momento das vendas.

Como aumentar o giro de estoque

Existem diversas técnicas para aumentar a rotatividade do estoque da sua loja, mas todas elas passam por aumentar o número de produtos vendidos por período. Por isso, boas técnicas de venda são sempre bem-vindas.

Segue então as seguintes dicas:

Conheça o seu público alvo

É importante que você faça uma pesquisa de mercado para saber quem é o seu cliente. O que ele gosta de consumir, a sua idade, sua renda mensal, como prefere pagar, e todas as outras características que sejam possíveis listar. Assim ficará mais fácil definir o mix de produtos que eles gostam de comprar e com isso evitar produtos que ficariam parados no estoque. Um sistema que gerencie os dados de seus clientes pode ajudar muito nisso.

Faça promoções

A “queima” de estoque é uma grande ferramenta quando você tem peças encalhadas no estoque e nas prateleiras. Vale a pena você expor os produtos que estão com pouca saída em um local com mais visibilidade em sua loja, baixando o seu preço e fazendo propaganda deles.
Seus clientes ficarão felizes em adquirir um produto que esteja com um bom preço e você ainda vende produtos que representavam dinheiro parado.

Aproveite datas comemorativas

Datas comemorativas são geralmente bons momentos de aumento de vendas de qualquer loja que sabem aproveita-las. Assim, uma boa ideia pode ser, criar promoções especiais para essas datas, diminuindo preços de produtos que tenham alguma relação com a data comemorada, ou mesmo, fazendo promoções direcionadas, como baixar o preço de peças femininas no dia das mães ou de produtos masculinos no dia dos pais. Use a sua criatividade!

Defina um estoque mínimo

Uma boa técnica, para os lojistas que já possuem um bom controle de estoque, é trabalhar com um estoque mínimo para cada produto.

O sistema funciona com a definição de uma quantidade de estoque mínima que possa cobrir o hiato entre uma nova compra e o prazo de entrega. Quando a quantidade de estoque de um determinado produto chegar na quantidade estipulada como estoque mínimo o sistema alerta você para uma nova compra evitando a ruptura de estoque.

A técnica, além de garantir que os seus clientes sempre acharão o produto que procuram na sua loja, ainda ajuda na redução de custos de aquisição e armazenamento.